segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Critica do filme Sex Tape

Algumas vezes nos perguntamos se vamos dar mais uma chance a um filme, que julgando pelo trailer, era mais divertido do que podemos esperar.

Sex Tape é um filme que vale a pena?


Com a necessidade extrema de certos "responsáveis" pelas traduções no Brasil, colocarem um título que digamos ser nacionalizado, Sex Tape "precisou" ganhar o título de Sex Tape: Perdido na Nuvem. O que faz muitas pessoas imaginarem que o poster correto para o filme seria como no exemplo abaixo:


Afinal, se eles julgam que o público brasileiro é tão burro de não entender duas palavras em inglês em um título, então esse público é mais burro ainda de não entender o "cloud" (ou nuvem) do mundo da informática. 

Falando do filme, os pontos negativos e positivos andam lado a lado. No trailer, parece ser um filme muito engraçado, que repete a parceria feita em Professora Sem Classe (que na tradução do título, ao menos foram um pouco mais espertos) com o mesmo diretor e a mesma dupla de protagonistas.

O que vemos é um filme com muitos clichês, alguns momentos que rimos e outros que damos uma "risadinha de canto de boca". O fato é que o diretor gosta mesmo de fazer filmes com apelos sexuais, isso é fato.

Assistindo o filme deu mais saudade de "How I Met Your Mother" do que querer mesmo ver o filme, por vermos Jason Segel (o Marshall da série).

O filme tem um apelo forte quanto a sexo e é, infelizmente, algo que já vimos em outros filmes. Para alguns será um filme muito divertido, mas não será um filme que lembraremos uma semana depois.



Sex Tape: Perdido na Nuvem



Daniel Fontebasso
Designer e crítico.

www.youtube.com/fontecinema

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente: