domingo, 28 de abril de 2013

Homem de Ferro 3, muita expectativa... mas e o resultado?

Poucas vezes um lançamento é tão aguardado. No ano de 2013 parece que temos um número maior de filmes se encaixam nesta espera.

Homem de Ferro 3 esteve nesta lista dos mais aguardados do público, é um grande filme com certeza, mas qual o resultado final?


No filme, uma série de atentados que surgem sem explicação e Tony Stark (Robert Downey Jr.) precisa deter quem está por trás disso. Descobre uma poderosa e inteligente tecnologia que está sendo usada para arquitetar ataques e Stark também precisa continuar aprendendo mais sobre sua própria tecnologia.

É claro que o filme tentou superar seus capítulos anteriores, as cenas de ação são realmente espetaculares e o visual é fantástico. Realmente o filme supera nossas expectativas nestes quesitos. O único meio de descobrirmos que certas coisas são feitas em computador, é que sabemos são impossíveis de serem filmadas.

Infelizmente Homem de Ferro 3 caiu em um novo conceito, quis mostrar um pouco mais dos dramas e pensamentos de Tony Stark, creio que o motivo foi querer fugir um pouco do filme Os Vingadores que foi divertido e repleto de ação sem um grande fundo dramático. Homem de Ferro 3 possui ação e humor, mas faltou um pouco mais para se encaixar no que já estava contruído na trama.

Robert Downey Jr. continua eficiente na construção de seu personagem, grande parte do peso fica sobre seus ombros e por conta disso o personagem parece um pouco mais cansado de tudo aquilo do que o normal. Quanto ao novo vilão, Ben Kingsley é um grande ator que sempre faz seu trabalho com muita competência, mas infelizmente, o vilão Mandarim tem algumas falhas (não por culpa do ator) e sofre uma diminuição gradativa de sua importância até por conta de algumas falhas de roteiro ou simplesmente o andamento do filme nos faz perguntar se este seria mesmo o personagem ideal para ser inserido na trama.


O filme é ótimo, diverte e cumpre seu objetivo. Talvez comparado ao filme Homem de Ferro 2, fica ao nosso critério decidir qual foi o melhor depois do primeiro. Ambas sequencias foram muito boas, mas ainda perdem feio para o primeiro filme. Talvez o mal da grande expectativa foi o que nos fez pensar que este filme seria o melhor filme de todos.

Um comentário:

  1. Assisti ao filme ontem e considero muito inferior ao segundo. O filme é muito fraco, sem ritmo, sem emoção... até as cenas de ação são fracas demais.

    ResponderExcluir

Gostou? Comente: