domingo, 5 de janeiro de 2014

Crítica de Frozen - Uma Aventura Congelante

Como já era o esperado, a Disney definitivamente migrou para o 3D, deixando para trás grandes técnicas de animação de filmes como Aladdin, O Rei Leão, Cinderela, A Bela e a Fera, Bambi, A Branca de Neve e tantos outros. Não é culpa da Disney, ela apenas se atualizou para tentar superar seus concorrentes, como a Blue Sky Studios e seu A Era do Gelo, com a Universal e Illumination Entertainment e seu Meu Malvado Favorito, com a Dreamworks e Pacific Data Images e seu Shrek... e podemos dizer a própria Pixar (apesar de parceira da Disney, é a Pixar que produz suas animações).


Sinopse:Elsa, a futura rainha de Arendelle, nasceu com a capacidade mágica de criar gelo e neve, embora tenha escondido isso de todos, incluindo a sua irmã mais nova, Anna. Após seus poderes, acidentalmente, condenarem o reino a um inverno eterno, ela foge e auto-exila-se num castelo de gelo. Agora cabe a Anna e Kristoff, um destemido homem da montanha, partirem numa jornada para trazerem Elsa de volta a Arendelle e reverterem o inverno em verão.

Pensamos até que o 3D é uma saída fácil e barata para produzir animações, ao contrário, exige muita técnica e talento dos profissionais. Frozen nos mostra que a Disney soube como fazer para estar tecnicamente igualada ou até mais além de seus concorrentes.

O 3D coloca os concorrentes para brigar diretamente, antes a Disney não era apenas a pioneira, mas tinha quase o monopólio da qualidade dos filmes de animação. A concorrência resgata mais a qualidade nas narrativas e Frozen é um exemplo disso.

Frozen mostra não apenas mais um filme de princesas, carinhas engraçados e animais atrapalhados. Sim o filme tem uma nova princesa, trazida do clássico A Rainha do Gelo, que certamente vai render muito com o comércio de brinquedos (assim como as outras tantas dos filmes da Disney). Mas o filme vai mais além, nos traz um novo universo e personagens totalmente novos.

Filmes como Detona Ralph e Frozen, mostram que a Disney vem com tudo e se os concorrentes não se atualizarem, podem ficar para trás. Quando vieram Enrolados e Detona Ralph, já dava pra notar o quanto a Disney está levando a sério não apenas a qualidade da animação, mas também as histórias, trilhas sonoras e seus personagens.

Frozen não é o melhor filme já feito pela Disney, sinceramente gostei mais de Detona Ralph, mas claro que isto é um gosto pessoal e respeito muito quem discorda. Porém Frozen diverte e é uma ótima pedida para ver no cinema junto com a família e uma pipoca tamanho gigante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente: