sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Crítica de xXx: Reativado - Triplo X 3


Sinopse: Xander Cage (Vin Diesel) desiste de sua aposentadoria quando Xiang, um guerreiro alfa mortal, coloca suas mãos em uma arma indestrutível chamada de "Caixa de Pandora". Xander recruta os melhores soldados do mundo para destruir o vilão e paralelamente tem que enfrentar uma resistência formada por governos corruptos de todo o mundo.

Elenco: 

Vin Diesel
Personagem : Xander Cage

Donnie Yen
Personagem : Xiang

Deepika Padukone
Personagem : Serena Unger

Kris Wu
Personagem : Nicks

Ruby Rose
Personagem : Adele Wolff

Tony Jaa
Personagem : Talon

Nina Dobrev
Personagem : Rebecca

Rory McCann
Personagem : Tennyson Torch

Diretor: 


Já fazem 15 anos desde o lançamento de Triplo X, estrelado por um Vin Diesel ainda como uma promessa de ação, sem muita expressão nos filmes de grande público. Lembro de que na época, em que começou a ficar em alta pelo primeiro Velozes e Furiosos (2001),  vi o ator e disse "olha, é aquele cara que leva o tiro do sniper alemão em O Resgate do Soldado Ryan (1999)". De fato, o Sr. Mark Sinclair, nosso querido Vin Diesel, conquistou seu espaço em filmes de ação e aventura, tornando, por exemplo, Velozes e Furiosos quase uma série de cinema com episódios.

Confesso que desde o primeiro Triplo X (2002) não fui muito fã do filme, achei bem absurdo, pois nosso herói causa uma avalanche com explosivos e sai com seu Snowboard em frente ao desastre apenas para impressionar a galera e também o filme é machista, por exemplo, ao julgar que o vilão convida nosso herói para seu palácio, e assim que entra no quarto, já tem uma modelo dançando no pole dance com roupas minúsculas, o que me fez pensar que ela já estava dançando lá sozinha a quanto tempo? Assim nosso herói olha para a moça e diz como: "as coisas que preciso fazer por meu país".

O segundo filme também provou a linha do herói que desnecessariamente se coloca em riscos absurdos, que agora é estrelado por Ice Cube, acontece, por exemplo, "para que passar por ali com a cabeça baixa sendo que posso chegar em uma moto e saltar sobre um galpão milésimos de segundos antes de explodir"?

Como o terceiro filme poderia ser diferente?

Vin Diesel se mostra novamente acomodado na imagem de super-astro de ação, todo a vontade sem camisa, exibindo músculos e tatuagens. Outro fator forte de Triplo X, sempre foi o teor sexual, com mulheres provocantes e sempre disponíveis. Esse fator incomoda bastante se tratando de assistir o filme e obviamente querendo atingir o público adolescente, afinal, se você é adulto e ainda precisa de filmes de ação para ver e adorar mulheres sensuais, você está com um problema.

Toda a trilogia Triplo X é um show de ação, pirotecnia, tiroteio, sensualidade, pancadaria e perseguições, lembra muito os parques temáticos que fazem apresentações com atores ao vivo. Devemos esquecer que o filme possui um roteiro, se é que tem algum digno para ser chamado assim ou se é apenas um bloquinho de anotações com algumas falas e o diretor não se aguenta para gritar de novo para explodir algo.

Acho que o ponto mais positivo foi a escolha de elenco, além de Vin Diesel, temos a presença de dois grandes astros do cinema oriental, Donnie Yen e Tony Jaa que tem todo espaço para fazerem o que sabem de melhor. Nina Dobrev, que era a Helena de Vampire Diaries, abandonou a série dos vampirinhos adolescentes e aqui faz bem uma personagem nerd. A única observação é a presença de Neymar que logicamente demonstra o total interesse dos produtores de ter marketing e faturar muito mais.

Triplo X é realmente uma franquia voltada para o público adolescente masculino, onde enchem os olhos com heróis absurdos, explosões e mulheres sensuais com roupas minusculas, mesmo que estejam tremendo de frio, lá estão elas. Não são filmes que vão somar em nosso repertório de clássicos de ação, visto que esse estilo era a moda nos anos 1980, mas garantem uma diversão até que boa se juntar tudo o que oferece.

Trailer do site:

http://www.adorocinema.com/filmes/filme-139202/trailer-19551169/

Daniel Fontebasso
(Crítico e Diretor de Curtas)

Acesse e se inscreva no melhor e mais divertido canal de cinema do Brasil: FONTECINEMA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Comente: